Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Escolha outro país ou região

    • Default Alternative Text
      Um bloco de construção de infraestrutura física integrada, para alimentar seu ambiente virtualizado.

      Nuvem Privada

      Um bloco de construção de infraestrutura física integrada, para alimentar seu ambiente virtualizado.

    • Leia

      • Read more about Schneider Electric solutions

        White Paper No. 117
        Infraestrutura Física do Data Center: Otimização do Valor do Negócio

        Para se manter competitivas no atual mundo de negócios em rápida transformação, as empresas devem atualizar a forma como veem o valor do seu investimento na infraestrutura física do data center (DCPI). Disponibilidade e custo inicial não são mais suficientes para tomar decisões de negócios adequadas. Agilidade ou flexibilidade nos negócios, e baixo custo total de propriedade passaram a ser igualmente importantes para empresas que desejam ter sucesso no mercado global em transformação. Leia o White Paper No. 117
      • Read more about Schneider Electric solutions

        White Paper No. 118
        Virtualização e Computação em Nuvem: Energia, Resfriamento e Gestão Otimizados Maximizam Benefícios

        A Virtualização de TI, o motor por trás da computação em nuvem, pode ter consequências significativas na infraestrutura física do data center (DCPI). Densidades de energia mais elevadas que muitas vezes resultam podem desafiar as capacidades de refrigeração de um sistema existente. A redução do consumo geral de energia que normalmente resulta de consolidação do servidor físico pode piorar a eficácia do uso de energia do data center (PUE). Cargas dinâmicas que variam em tempo e local podem aumentar o risco de tempo de inatividade se a energia no nível do rack e a saúde da refrigeração não forem conhecidas e consideradas. Finalmente, a natureza tolerante a falhas de um ambiente altamente virtualizado pode levantar questões sobre o nível de redundância necessário na infraestrutura física. São discutidos estes efeitos específicos da virtualização e são oferecidas as possíveis soluções ou métodos para lidar com eles. Leia o White Paper No. 118
      • Read more about Schneider Electric solutions

        White Paper No. 116
        Padronização e Modularidade na Infraestrutura Física do Data Center

        A não adoção de padronização modular como uma estratégia de projeto para a infraestrutura física do data center (DCPI) custa caro em todas as frentes: gasto desnecessário, tempo de inatividade evitável e perda de oportunidade de negócio. Padronização e seu parente próximo, modularidade, criam amplos benefícios em DCPI que racionalizam e simplificam todos os processos, desde o planejamento inicial até operação diária, com efeitos positivos significativos nos três principais componentes do valor do negócio da DCPI - disponibilidade, agilidade e custo total de propriedade. Leia o White Paper No. 116
      • Read more about Schneider Electric solutions

        White Paper No. 174
        Opções Práticas para Implantar Equipamentos de TI em Pequenas Salas de Servidores e Filiais

        Pequenas salas de servidores e filiais são tipicamente desorganizadas, inseguras, quentes, sem monitoramento, e ficam em espaço confinado. Essas condições podem levar à paralisação do sistema ou, no mínimo, gerar situações de "escapar por um triz" que chamam a atenção da administração. A experiência prática com esses problemas revela uma pequena lista de métodos eficazes para melhorar a disponibilidade de operações de TI dentro de pequenas salas de servidores e filiais. Este artigo discute a possibilidade de fazer melhorias realistas para energia, refrigeração, racks, segurança física, monitoramento e iluminação. Este artigo focaliza as pequenas salas de servidores e filiais com até 10 kW de carga de TI. Leia o White Paper No. 174
      • Read more about Schneider Electric solutions

        White Paper No. 160
        Especificação da Arquitetura de Data Centers Modulares

        Há um consenso crescente de que os projetos de data centers legados convencionais serão superados por projetos de data centers escalonáveis modulares. Redução de custos total de propriedade, maior flexibilidade, redução do tempo de implantação e melhoria da eficiência são as promessas de benefícios de projetos escalonáveis modulares. Contudo, o termo "modular", quando e onde a modularidade é apropriada, e como especificar a modularidade estão mal definidos. Este artigo cria uma estrutura para a arquitetura do data center modular e descreve as diversas maneiras de implementar modularidade para a energia, resfriamento e infraestrutura espacial de data centers e explica quando as diferentes abordagens são adequadas e eficazes. Leia o White Paper No. 160
      • Read more about Schneider Electric solutions

        White Paper No. 76
        Sistemas Modulares: A Evolução da Confiabilidade

        A natureza provou desde cedo que, em sistemas complexos, são os projetos modulares que sobrevivem e prosperam. Uma importante contribuição para este sucesso é a vantagem da confiabilidade crítica de tolerância a falhas, na qual um sistema modular pode transferir a operação de módulos com falha para outros saudáveis, enquanto são executados os reparos. Nos data centers, os projetos modulares já criaram raízes em novas arquiteturas tolerantes a falhas para servidores e sistemas de armazenamento. À medida que os data centers continuam a evoluir e tomar emprestado modelos da natureza, a infraestrutura física dos data centers (DCPI) também precisa evoluir para suportar novas estratégias de sobrevivência, recuperação e crescimento. Leia o White Paper No. 76
      • Read more about Schneider Electric solutions

        White Paper No. 111
        Análise de Confiabilidade do Sistema de Energia APC InfraStruxure

        A linha de produtos APC InfraStruxure oferece uma arquitetura alternativa para o no-break central. A MTechnology, Inc. utilizou as técnicas de Avaliação Probabilística de Riscos (PRA) para avaliar a confiabilidade do no-break InfraStruxure de 40 kW e PDU com desvio estático. Os cálculos consideraram o desempenho do InfraStruxure tanto em condições ideais como em condições reais. O estudo também comparou o desempenho da arquitetura do InfraStruXure com a de um no-break central que serve uma carga crítica hipotética de 500 kW em um data center. Os resultados mostraram que a arquitetura do InfraStruXure tinha muito menos probabilidade de sofrer falha de todas as cargas no data center, e uma probabilidade um pouco menor de sofrer falha em qualquer um dos equipamentos de TI. Este artigo resume as principais conclusões da avaliação quantitativa de risco da MTechnology e discute suas implicações para gerentes de instalações e projetistas. Leia o White Paper No. 111
    • Aprenda

      Ferramentas TradeOff


      Aplicativos baseados na internet com interfaces fáceis de usar, projetadas para uso nos estágios iniciais de desenvolvimento do projeto e conceito do data center. Ferramentas TradeOff

      Seletor de Projetos de Referência


      Navegue pela biblioteca de Projetos de Referência da Schneider Electric para selecionar, comparar e escolher o projeto ideal que atenda às necessidades do seu data center. Seletor de Projetos de Referência

      Micro Data Centers: Um Caso Inovador de Projeto e Operações de Data Center


      Este blog discute como a DartPoints fez uma parceria com a Schneider Electric para criar o exclusivo DartPoints Private Colo™. Micro Data Centers: Um Caso Inovador de Projeto e Operações de Data Center

      A Infraestrutura Convergida de TI está nos Afastando do Caminho da Pré-Fabricação?


      Infraestrutura Convergente está basicamente relacionada a velocidade, eficiência e agilidade ... mantendo a TI alinhada com o negócio. Cabe a nós ajudar a fazer isso acontecer, tornando nossas soluções fáceis de escolher, encomendar, implantar e manter. Pré-fabricação é uma maneira de fazer isso. A Infraestrutura Convergida de TI está nos Afastando do Caminho da Pré-Fabricação?

      Os Micro Data Centers são o Motor que Move a IoT (Internet das Coisas)?


      Dados estão sendo gerados por tudo, desde máquinas de Coca-Cola até os mais de 20-30 bilhões de dispositivos que chegam ao mercado (muitos deles usados como roupa). Esta grande quantidade de dados precisa ser processada e analisada em tempo real. A IoT funciona ligando estes dispositivos remotos a um grande data center centralizado, fornecendo informações sobre status, localização, funcionalidade, e assim por diante. Leia nosso blog para saber mais. Os Micro Data Centers são o Motor que Move a IoT (Internet das Coisas)?

      O que temos que abrir mão para ter Infraestrutura Convergente


      Soluções como FlexPod e FlexPod Express da Schneider Electric oferecem pilhas de hardware pré-testadas e pré-construídas que eliminam a necessidade de testar o hardware, já que ele é testado antes da entrega aos clientes e, assim, libera os recursos da obrigação de deixar o hardware pronto para as implantações. Leia este post no blog para aprender mais O que temos que abrir mão para ter Infraestrutura Convergente

      Cisco, Schneider Electric e a oportunidade da Infraestrutura Convergente


      Esta publicação no blog trata da forma como a Cisco viu a sua parceria com a Schneider Electric acrescentar valor para os clientes de TI, de redes e de centro de dados. Cisco, Schneider Electric e a oportunidade da Infraestrutura Convergente

      Vídeo de apresentação do NetShelter CX torna possível a vantagem de uma “Sala de servidores num armário”


      Esta publicação do blog contém um vídeo com uma visita virtual do Netshelter CX. Vídeo de apresentação do NetShelter CX torna possível a vantagem de uma “Sala de servidores num armário”

      Armários de pequenas dimensões oferecem grandes benefícios em locais sem um espaço exclusivamente informático


      O Netshelter CX veio preencher uma necessidade que apenas cresce em termos de importância. Destina-se a redes informáticas domésticas e a equipamentos de rede localizados num espaço relativamente pequeno, como um ambiente de escritório, onde não há espaço exclusivo para tais equipamentos. Leia esta publicação no blog para saber mais. Armários de pequenas dimensões oferecem grandes benefícios em locais sem um espaço exclusivamente informático
    • Assista

      • Como podem as soluções FlexPod e FlexPod Express permitir às organizações uma maior eficiência energética?

        David O”Coimin, da Schneider Electric, explica os benefícios principais que as soluções FlexPod Express e FlexPod, aliadas à Schneider Express, podem proporcionar aos clientes no que diz respeito à melhoria da eficiência energética e da gestão.
      • Bastidor NetShelter CX Entregue num Instante

        Quão simples é a implantação de uma sala de servidores? O tempo de entrega não é, certamente, muito significativo. Veja quão simples e fácil é entregar o bastidor NetShelter CX “Server Room in a Box” neste curto vídeo.
      • Como é que a Schneider Electric acrescenta Valor a FlexPod e a FlexPod Express

        David O'Coimin, da Schneider Electric, explica o valor que a infraestrutura da Schneider Electric traz para os clientes com as soluções FlexPod e FlexPod Express, as quais pegam num produto com uma posição forte e o aperfeiçoam ainda mais para os clientes.
      • FlexPod em parceria com a Schneider Electric

        A Schneider Electric pegou nas soluções FlexPod e FlexPod Express e envolveu-as com o valor correto, adicionando elementos de Sistemas de Rack que irão ajudar a posicioná-las rapidamente nos ambientes certos, aumentando o valor da venda e protegendo o investimento dos utilizadores finais.
      • A Mais Pequena Sala de Servidores do Mundo - NetShelter CX

        O NetShelter CX está a desafiar opiniões com a sua solução composta por um armário flexível, segura e acusticamente isolada “Server Room in a Box”, para ambientes de escritório sem divisórias. A solução CX elimina a necessidade de armários de rede ou de salas de servidores caras, de grandes dimensões e invasivas em ambientes de escritório.