FAQs

Fazer uma Pergunta

Como configurar o ATV320 para uso em elevação de carga como ponte rolante ou talhas

Importante : antes de proceder aos ajustes abaixo verifique as condições de segurança de pessoal, da máquina e do local de operação. Complemente esta orientação com a dos manuais do ATV320 e da máquina acionada.

A) Para aplicação de elevação de carga com ATV320, sequência que deve ser seguida :
- siga as orientações iniciais no link : https://www.schneider-electric.com.br/pt/faqs/FA309032/
- importante que se ajuste dados de placa do motor e se faça autotuning com sucesso
- ajuste velocidade mínima (LSP) e corrente de proteção térmica (ItH)
- configuração da segunda velocidade 
- garantir que a entrada digital DI1 seja para subida de carga e DI2 descida de carga
- por fim configurar a Lógica de Freio utilizando a saída a relé R2 acionando contator auxiliar que libera o freio do motor

B) Configuração da lógica de freio, exemplo prático, sequência de ajustes básicos iniciais sugeridos, que devem ser mudados conforme o comportamento na operação em carga :
Menu COnF > FULL > drC- >  parâmetro Ctt = uuC, modo controle vetorial Sensorless, habilita a função Lógica de Freio (BLC-)
Menu CONF > FULL > FUN > BLC- > parâmetro :
bLC = r2 (saída a relé que libera o freio)
bSt = uEr (movimento de elevação de carga)
biP = YES (impulso de torque para subir a carga antes de liberar o freio (Importante -> DI1 = subir a carga e DI2 = descer a carga)
ibr = ajuste inicial com a corrente nominal do motor (valor que o inversor considera para liberar o freio)
brt = inicie com 0,10s, tempo considerado que o freio demora para efetivamente abrir e que durante esse tempo o motor tenha torque para que a carga não deslize
bir = Auto, frequência em Hz para o inversor mandar abrir o freio, o inversor calcula o escorregamento do motor levando em conta informação dos dados de placa do motor
bEn = Auto, frequência em Hz para o inversor mandar fechar o freio, o inversor calcula o escorregamento do motor levando em conta informação dos dados de placa do motor
bEt = inicie com 0,10s,  tempo considerado que o freio demora para efetivamente fechar (voltar ao repouso) e que durante esse tempo o motor tenha torque para que a carga não deslize
ttr = ajuste um retardo (sugestão inicie com 0,1 a 0,3s) para evitar falha na lógica de freio quando o operador fica dando comandos de partida em tempos muito curtos, evitando ocorrências de sobrecorrente/curto-circuitos.

Para apoio adicional veja link e anexo abaixo.

Manuais e catálogo do Altivar 320 :
ttp://www.schneider-electric.com.br/pt/faqs/FA285406/
Isso foi útil?
O que podemos fazer para melhorarmos?