• Default Alternative Text

    Gestão de Energia

    Migrando para o Mercado Livre

    O processo de migração para o mercado livre exige uma grande atenção por parte do consumidor solicitante, a fim de obedecer as regulamentações do setor elétrico. Dentre as principais atividades envolvidas no processo de migração de uma unidade destacamos:

    • O consumidor interessado em migrar ao mercado livre de energia deve enviar uma carta denúncia à distribuidora que atende sua área de concessão, formalizando a solicitação de migração ao Ambiente de Contratação Livre (ACL).
    • A distribuidora deve atender ao pedido do consumidor, conforme prazos e regras determinadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e deve-se iniciar o processo de adequação dos medidores de energia.
    • O consumidor deve, simultaneamente, iniciar um processo de aquisição de energia, garantindo que seu suprimento começe na mesma data em que irá iniciar suas operações como agente do mercado livre.
    • O consumidor deve-se cadastrar como agente na CCEE e deve modelar a sua carga no SigaCCEE, requerendo providenciar a documentação exigida pela câmara.

    Os clientes da Schneider são melhor acompanhados para encarar esta forte mudança de cultura e de gestão.

    Representação na CCEE

    Atualmente, todas as companhias atuantes e regularizadas no mercado livre de energia são automaticamente aderidas à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), nomeadas agentes, sendo os principais: Consumidor Livre/Especial, Comercializador, Gerador, Autoprodutor e Produtor Independente. Para mais informações:http://www.ccee.org.br/

    A CCEE tem como principal fundamento a operacionalização de todas as atividades financeiras e contratuais no mercado de energia. Na Câmara são registrados todos os contratos negociados no mercado, incluindo volumes de energia acordados entre as partes vendedora e compradora, assim como o prazo de vigência dos contratos.

    Dentre as principais operações realizadas pela CCEE estão também a contabilização mensal (balanço contratual) de todos os agentes registrados, resultando em liquidações financeiras (operações bancárias) a serem realizadas e/ou monitoradas pelos agentes e seus respectivos representantes.

    Qual o papel do representante na CCEE?

    Sería aquele responsável pela análise dinâmica de todos os processos e obrigações do agente perante a Câmara, assim como pelo monitoramento e gestão das operações financeiras e contratuais exigidas em cronograma específico definido pela CCEE.

    Cada agente da CCEE pode se auto-representar perante à Câmara, porém isso exige pessoal especializado e atenção triplicada do agente.

    Neste caso, uma saída seria estabelecer uma parceria com uma assessoria com alto nível de expertise para garantir o cumprimento de todas as operações em tempo hábil e com análise estratégica a fim de detectar as melhores oportunidades para o agente, que muitas vezes passam despercebidas.