• Fornecer uma abordagem mais saudável para manutenção

Default Alternative Text


Se a produção e manutenção vivem às turras em sua fábrica, a saída para isto pode ser melhores ferramentas de comunicação. Algumas dessas ferramentas estão na forma de uma nova tecnologia que se alinha melhor com os objectivos exclusivos de cada parte do processo; outras são ferramentas humanas que requerem conversas sobre as questões envolvidas.

Ambas estavam expostas na sessão "Sincronização da Operação e Manutenção", do ARC Advisory Groups, em Orlando, com palestras de companhias de energia e de transporte sobre como suas operações evoluíram para superar gargalos de comunicação.

Esses problemas eram, muitas vezes, resultado de uma falta de compartilhamento de dados entre as plataformas, disse Ralph Rio do ARC Advisory Group, que moderou a sessão. O modelo de Gestão ARC do Ciclo de Vida de Ativos do coloca grande ênfase na melhoria de ativos durante sua vida útil.

"Sentimos que há oportunidades para mais optimização se houver sincronismo entre os grupos, assim, quando a manutenção programa uma parada, ela aparece no cronograma da produção", disse Rio.

Integrar manutenção em 5 usinas

"Vivemos em um mundo que cheio de regras, que temos de seguir", observou Robert Scampton do Constellation Energy Nuclear Group. Seu departamento foi responsável por conduzir cinco usinas nucleares em três estados - cada uma com sistemas de manutenção diferentes - para uma plataforma de manutenção e produção comum.

"Tivemos problemas para alinhar todas elas", disse Scampton. "Elas não se convervam muito bem entre si. Elas precisavam estar alinhadas como uma frota de navios.

"A primeira parte desse alinhamento foi para determinar o que era necessário para cada instalação - questões como eventos de alarme, acompanhamento de desempenho de equipamentos, quando era seguro fazer trabalhos de manutenção e requisitos de licenciamento dos equipamentos. Depois de se decidir por um único fornecedor de software, a Constellation passou depois para o processo de puxar a equipe e os dados juntos, para a nova plataforma.

"Foi um curso de Gestão de Mudanças elementar", disse Scampton. "Os fatores fundamentais são criar uma equipe interdisciplinar, incluindo representantes de todos os departamentos afetados pela mudança. Você tem que demonstrar a importância das mudanças, comunicar sobre a mudança com frequência e comemorar as mudanças com frequência."

Dados consistentes, etiquetagem

Além de simplificar a necessidade da empresa quanto ao cumprimento de regulamentações rigorosas, a mudança para a plataforma permitiu um procedimento de etiquetagem comum, montado no software. O programa de compartilhamento de tags instalado economizou tempo dos funcionários e concentrau esforços, sem comprometer a segurança do pessoal ou a da usina.

Eric Winterberg da APM Terminals North America, uma companhia multinacional de operações de contêineres em portos, com terminais em todo o mundo, teve um problema mais básico. "Estamos muito centrados nas operações, assim as operações vinham em primeiro lugar, a manutenção ficava em segundo", disse Winterberg.

"Havia uma falta de uniformidade nos dados, e nenhuma instalação era igual a outra. Tivemos o desafio de padronizar essas instalações. Para começar, o processo de manutenção foi desvincualdo das operações. Estávamos tentando recuperar o tempo todo para manter as instalações operando", acrescentou Winterberg.

Começando há três anos com um sistema CMMS na Bélgica, a APM Terminals já instalou seu software em 95% dos seus terminais em todo o mundo. "Conseguimos padronizar as operações de manutenção em todo o mundo", disse Winterberg.

Mudança para preventiva

"O sistema permitiu que os resultados da manutenção fossem analisados ​​em relação aos dados da operação. Conseguimos encontrar um intervalo de tempo para fazer manutenção preventiva. Manutenção mudou de corretiva para preventiva, e melhorou a programação dos recursos.

Winterberg disse que a maior mudança não foi em software ou no pessoal; foi a confiança de que os dois departamentos estão tomado melhores decisões. "Trata-se de uma mudança de mentalidade na empresa", disse ele. "Isto não acontece da noite para o dia. Demoramos um ano e meio apenas para projetar a solução. Nossa mudança de mentalidade está evoluindo. Pois temos uma plataforma mais saudável para nós seguirmos em frente."

O ARC World Forum acontece em 11 a 14 de fevereito, em Orlando, Florida. www.arcweb.com

Powered by ContentStream®