FAQs

Fazer uma Pergunta

Como funciona uma proteção diferencial residual

a proteção diferencial residual se baseia no fenômeno em que um condutor que conduz uma corrente alternada produz um campo magnético e este condutor passando em um transformador de corrente ou toroide cria um fluxo magnético em seu núcleo e este fluxo magnético passando dentro do enrolamento que envolve o núcleo de ferro do toroide promove a circulação de uma corrente neste enrolamento , se passarmos o mesmo condutor , de volta , no toroide os campos magnéticos irão se anular , anulando o fluxo magnético dentro do toroide e não gerando a corrente no enrolamento , desta forma estamos com o sistema equilibrado e sem fuga no circuito apos o toroide .
Havendo um fuga de corrente apos o toroide , a corrente que volta sera menor que a corrente que foi e teremos dentro do toroide um campo magnético maior que zero e que ira provocar um fluxo magnético no núcleo de ferro do toroide que produzira uma corrente no enrolamento que caso exceda o valor de ajuste da proteção ira promover o desligamento dos contatos de força do IDR ou DDR
Isso foi útil?
O que podemos fazer para melhorarmos?